Siga-nos agora em
english version
INÍCIO  |  LOGIN SÓCIOS  |  CONTACTOS  |  MAPA DO SITE
PESQUISAR
 
   

HISTÓRIA

   
1964: a APG é fundada em outubro por 19 pessoas, sob a designação de Associação Portuguesa dos Directores e Chefes de Pessoal (APDCP). O seu primeiro presidente é Raúl Caldeira, à data Diretor de Pessoal da CUF.

 

1965: em julho é admitida como membro de pleno direito da European Association for Personnel Management (EAPM), uma federação de associações de Recursos Humanos europeias criada um ano antes pelas associações da França, Alemanha, Suiça e Reino Unido.

 

1967: em março realiza o seu 1º Encontro Nacional, no Hotel Praia Mar em Carcavelos, sob o lema “As Perspectivas da Direcção de Pessoal”, evento que desde então realiza todos os anos (com a única exceção do ano de 1973).

 

1968: é criado o Grupo Regional Norte da APG, com sede na cidade do Porto. O seu primeiro presidente é Nuno Argel de Melo, Diretor de Pessoal da então Molaflex.


1969: dá-se início à publicação de um pequeno boletim datilografado “Comunicação/Informação” que em 1975 se transforma na revista “Pessoal”, hoje uma revista com mais de 70 páginas, integralmente a cores.


1973: em junho a APG organiza na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, o 6º Congresso Europeu de Recursos Humanos que reúne cerca de 1.000 participantes oriundos de 22 países, facto que lhe deu um enorme prestígio internacional. Era então presidente da direção Amadeu Castilho Soares.


1976: em junho a associação altera o nome para Associação Portuguesa dos Gestores e Técnicos dos Recursos Humanos, com o acrónimo APGTRH. No mesmo ano adere à World Federation of Personnel Management Associations (WFPMA).


1978: é criado o Grupo Regional Centro/Sul da APG. O seu primeiro presidente é João Perestrello de Vasconcelos.


1990: a Associação Portuguesa dos Gestores e Técnicos dos Recursos Humanos torna-se na APG, nome por que se torna conhecida.


1992: é criado o Núcleo de Formadores da APG com Paulo da Trindade Ferreira como seu primeiro presidente. A 1ª Conferência Nacional de Formadores realizar-se-á em 1995.


1994: dá-se início à publicação da newsletter “Pessoalmente”, um boletim interno em suporte de papel dirigido apenas aos sócios.


1997: em junho a APG organiza em Lisboa um dos maiores congressos europeus de recursos humanos de sempre com cerca de 1.200 participantes. Pedro Mendes é o presidente da direção. No ano seguinte organiza o Congresso Iberoamericano de Formação e Desenvolvimento da FIACYD - Federacióin Iberoamericana de Capacitación y Desarrollo.


2000: em janeiro é reconhecida como Pessoa Coletiva de Utilidade Pública por despacho do então Primeiro Ministro António Guterres. No mesmo ano passa a integrar a Rede de Centros de Recursos em Conhecimento (RCRC’S). A Sede Nacional muda da avenida do Brasil para as suas atuais instalações, na avenida António Augusto de Aguiar.


2003: em maio organiza outro grande evento internacional - o Congresso Mundial de Recursos Humanos e Formação da IFTDO. Mais de 750 participantes reúnem-se em Lisboa oriundos de todo o mundo. Neste mesmo ano, em colaboração com a Câmara Municipal de Oeiras, inicia a “Carta de Competências Profissionais do Concelho de Oeiras”, um instrumento de gestão autárquica da maior importância que revela o conhecimento do Capital Humano desse concelho. A APG integra o Observatório Nacional de Recursos Humanos juntamente com a APQ, a QMetrics e a Qual.


2004: comemora 40 anos de vida e para tal realiza várias ações nomeadamente a publicação de um livro alusivo à data.


2005: é criado o Núcleo de Jovens Gestores de Recursos Humanos.


2006: no sentido de valorizar a importância do papel do gestor do capital humano nas organizações e prestigiar o exercício da sua função, são lançados os “Prémios APG Recursos Humanos”.


2007: é criado um “Código de Ética na Gestão das Pessoas”.

 

2008: No âmbito do programa "Leonardo da Vinci", a APG integra a parceria transnacional do projeto "HeRmeS-R", coordenado pela ESCEM de França. É ainda parceira dos projetos "Respons&Ability" e "RSO Matrix" (ambos do Programa EQUAL) juntamente com vários parceiros nacionais. No mesmo ano integra a Rede Nacional de Responsabilidade Social das Organizações (RSOpt).


2010: pela 1ª vez na sua história, a APG elege uma mulher como Presidente da Direcção Nacional: Margarida Barreto, Diretora de Recursos Humanos da Merck Sharpe & Dohme.

 

2011: Juntamente com as empresas QMetrics e Mínimos Quadrados, cria a iniciativa "Melhores Fornecedores de Recursos Humanos". A newsletter "Pessoalmente" passa ser editada quinzenalmente apenas em formato eletrónico.

2012: os estatutos são profundamente reformulados e altera a sua designação social para APG - Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas. O logótipo é igualmente alterado.

2013: é lançado o projeto “Ocupação para Desempregados”. A APG, o ISCTE e os parceiros europeus do projeto GREAT organizam a “Great Lisbon Internacional Conference on Games & Tel”. A APG organiza o 1º Congresso Nacional de Emprego.


2014:
a APG celebra 50 anos de vida e para tal cria uma Comissão de Honra das comemorações composta por cerca de 70 personalidades e presidida por S. Exa. o Senhor Presidente da República.

 
   
 
Início | RH atual | Sobre a APG | APG Informa | Sócios | Formação | Publicações | Prémios | Ligações | Mapa do site | Contactos
redicom.pt