Siga-nos agora em
english version
INÍCIO  |  LOGIN SÓCIOS  |  CONTACTOS  |  MAPA DO SITE
PESQUISAR
 
   

LISTA DE NOTÍCIAS

voltar ]
   
2017-10-20
Portugal tem a terceira taxa mais elevada de trabalhadores temporários na UE


Portugal apresenta-se com a terceira taxa mais elevada na União Europeia de população empregada com contrato temporário de trabalho, de acordo com os dados disponibilizados pelo Pordata.

De acordo com o portal estatístico da Fundação Francisco Manuel dos Santos, o número de trabalhadores com contratos temporários aumentou entre 2000 e 2016 e o país tem agora 22,3% da sua população empregada com vínculo temporário, acima da média comunitária de 14,2%. Itália, Dinamarca e Alemanha surgem próximos da média da UE.

No retrato de Portugal na Europa, o Pordata refere que Portugal surge em terceiro lugar, depois da Polónia (27,5%) e de Espanha, que reduziu a percentagem de trabalhadores temporários na última década.

No que se refere a contratos de trabalho a tempo parcial, Portugal ocupa a 16.ª posição na lista dos países da UE, com 11,9% do total da população empregada vinculados a este tipo de contrato. A média dos países da UE encontra-se nos 20,4%, estando próximos deste valor o Luxemburgo, a Itália e França, numa lista liderada pelos Países Baixos (50,5%), com a Bulgária em último lugar (2,2%).

 
   
 
Início | RH atual | Sobre a APG | APG Informa | Sócios | Formação | Publicações | Prémios | Ligações | Mapa do site | Contactos
redicom.pt